“Casting” o filme de Steve Jobs

outubro 13, 2011

Hollywood percebeu uma coisa: filmes de personalidades do mundo tech também vendem, e muuito. Depois do sucesso do filme que conta como foi a criação do facebook, “The Social Network” , como já previsto por muitos, Hollywood quer criar o filme sobre Steve Jobs. Para isso já começou a agir.

Recentemente a Sony Pictures já luta pela compra dos direitos da bibliografia autorizada de Steve Jobs que será lançada em breve inclusive no Brasil. O preço estimado ainda não é muito alto. Mais ou menos 1 milhão de dólares. O livro inicia-se quando Jobs larga a faculdade e funda a Apple.

A Sony está bem preocupada. Um de seus representantes afirmou que transformar as páginas de um livro em cenas de cinema é um processo muitíssimo complicado, e encontrar alguém com capacidade de interpretar Steve Jobs mais difícil ainda. Se esse filme realmente sair e o artista que representará Steve Jobs se sair bem, me arrisco a falar que podia até pintar um Oscar de melhor artista aí.

“Quando estamos a procura de alguém para interpretar uma pessoa de grande familiaridade perante a audiência, você jamais encontrará alguém a altura” – disse Sammara Billik, diretora de elenco. “Então você precisa meio que ter a essência interna do personagem. Precisa pegar sua energia”.

Um dos nomes que veio em mente dos produtores que poderia representar Steve Jobs nos anos mais tardios foi: Stanley Tucci.

” Eu acho que existe uma semelhança física. E acho que Stanley sempre interpreta com muita qualidade, homem articulador. Acho que ele representa muito bem que Steve Jobs foi” – afirmou Sammara.

Outros nomes como: Josh Stamberg de “Drop Dead Diva.” Adrian Pasdar. Matthew Modine. Christian Bale. Jason Schwartzman. Bob Saget. Pessoalmente acho que Bale poderia representar bem Jobs em seu estado mais magro, já com a doença atacada. Vejam a imagem de Bale no filme “The Fighter”. Curiosamente, Noah Wyle, do primeiro filme que mostrou a história de Jobs não foi citado, e olha que ele parece muito com Jobs quando novo.

Anúncios

Jobs se foi, mas como anda o iPhone 4S?

outubro 10, 2011

Depois de nosso luto oficial com a morte de um dos mais grandiosas mentes do mundo tech, vamos explicar como anda a vida do iPhone 4S.

Segundo algumas informações, Steve Jobs terá participação em projetos nos 4 anos seguintes de lançamentos da Apple, Ao descobrir que sua doença poderia lhe tirar a vida, ele teria antecipado seu trabalho meticuloso. Ainda não se sabe a veracidade disso, a única certeza é de sua participação nas funções do iPhone 4S. Principalmente no que diz respeito ao serviço de inteligência artificial, Siri.

Muitos não gostaram do que viram na apresentação liderada por Tim Cook na última terça feira (04 de Outubro). inclusive as ações da Apple tiveram um pequena queda quando o iPhone 4S foi anunciado com o mesmo modelo externo do 4. A verdade é que o mundo dos “especialistas” e previsões antecipadas estão cada vez alimentando os consumidores de forma exagerada e incorreta.

Como anda o iPhone 4S atualmente? Simplesmente sucesso !! Sim, Jobs realmente tinha muito influência em suas idéias. Conseguiu fazer com que a Apple fosse além de uma empresa comum. Muitos a trata como um realizar e cultivador de dogmas. Todos querem ter seus produtos, mesmo que as mudanças sejam mínimas. Todos querem fazer parte da atualidade. Obviamente esse cenário é bem diferente do que vivemos no Brasil. Aqui, pagamos até 3x o valor real do produto. Agora nos Estados Unidos a coisa é diferente. Apple acaba de anunciar que foram encomendadas 1 milhão de unidades (pré-venda) em apenas 24horas. Ou seja, recorde!!! Passando a versão anteriror (iPhone 4), com 600 mil unidades na pré-venda.

“Estamos impressionados com a incrível resposta dos consumidores com o iPhone 4S”, afirmou o vice-presidente de produto da Apple, Philip Schiller. “O primeiro dia de pré-venda foi o melhor já atingido por qualquer outro produto da Apple”, completa.

Para se ter uma noção da grandiosidade da coisa. A AT&T afirmou ter vendido 200 mil unidades somente nas primeiras 12 horas após o anúncio. Coisa de doido! Jobs deve estar sorrindo em algum lugar de mais um recorde quebrado.


Discurso de Steve Jobs em Stanford

outubro 8, 2011

Em 2005, perante uma platéia composta por jovens formandos, Steve Jobs falou sobre sua vida e usou histórias pessoais para mostrar sua maneira de encarar a vida. Mesmo antes da morte de Steve, o vídeo já era bastante conhecido.

Steve nos relata sua experiência de vida, sendo que a lição final é que você precisa acreditar. Crer que, de alguma forma, tudo vai se encaixar e fazer sentido, como ele acreditou ao largar a faculdade, sair da Apple, voltar para a Apple. Você pode não considerar Jobs o messias que muita gente vê nele, mas dificilmente deixará de se impressionar com o famoso discurso.


MORRE Steve Jobs.

outubro 6, 2011


Rotina de Steve Jobs fora da Apple

setembro 5, 2011

Depois de sair da Apple, conseguimos exclusivo acesso a agenda de Steve Jobs, ex-CEO da Apple. Vejam:

Não consegue visualizar? Clique aqui!


Steve Jobs renuncia seu posto

agosto 25, 2011

Todos nós já esperávamos que isso aconteceria um dia, mas a notícia acabou vindo de repente. Steve Jobs renuncia a seu posto e manda uma carta para seus funcionários explicando alguns motivos.

Jobs afirma que não assim que não pudesse exercer suas funções de maneira qualitativa seria o primeiro a admitir que deixaria o cargo. Conforme previsto, Tim Cook assume o cargo e Jobs fica como presidente de conselho. Ele ainda se diz animado e quer acompanhar de perto o rumo criativo que a Apple seguirá com seus produtos. Segue abaixo a tradução da carta oficial:

Ao Conselho Diretor da Apple e à Comunidade Apple:

Eu sempre disse que, se houvesse um dia em que eu não pudesse mais cumprir meus deveres e atender às expectativas como presidente-executivo da Apple, eu seria o primeiro a informá-lo. Infelizmente, esse dia chegou.

Por meio desta, renuncio do cargo de presidente-executivo da Apple. Gostaria de servir, caso o Conselho o aprove, como presidente do Conselho da Apple, diretor e funcionário da Apple.

Quanto ao meu sucessor, recomendo fortemente que executemos nosso plano de sucessão com a nomeação de Tim Cook como presidente-executivo da Apple.

Acredito que a Apple está à frente de seus dias mais brilhantes e inovadores. E estou ansioso para observar e contribuir para seu sucesso no meu novo posto.

Fiz alguns dos melhores amigos da minha vida na Apple, e agradeço a todos vocês pelos muitos anos nos quais pude trabalhar ao seu lado.


Fortune – “CEO of the DECADE”

novembro 5, 2009

Mais uma para a coleção de Steve Jobs. Depois de sempre ganhar destaque nas principais revistas do mundo, sempre ser considerado um dos top 100 de qualquer categoria que envolve dinheiro, fortuna, história, tecnologia, revolução, administração, marketing.

Hoje a revista Fortune deu mais um título a Jobs. Simplesmente considerou ele o CEO da DÉCADA. O conteúdo claro, como de costume, mostra histórias que confirmam o posto de Jobs, além de mostrar os produtos responsáveis pela posição da Apple hoje.