PCs antigos tocam música do Queen – Bohemian Rhapsody

abril 22, 2009

Nem mesmo o Queen tocava sua música inteira no shows, mas esse amontoado de computadores velhos os faz, e muito sincronizado e bem.

Quem faz a vez de vocalista no lugar de Freddie Mercury é um scanner HP ScanJet 3C. O computador doméstico Texas Instrument TI-99/4a substitui a guitarra de Brian May. Um Atari 800XL toca órgão e piano, enquanto um floppy de 8 polegadas executa o baixo de Jon Deacon. Para completar, um disco rígido de 3,5 polegadas faz a parte da bateria de Roger Taylor.

Haja paciência…


Piada geek

abril 22, 2009

Todo mundo sabe que hoje em dia, mais e mais pessoas entram na era da informática e se tornam cada vez mais dependentes dela. Segue uma imagem retratando o nosso futuro:

E ai ? Concordam ? Comentem!


Após perder Sun para Oracle, IBM anuncia queda de 11% na receita do 1º tri

abril 22, 2009

No mesmo dia em que a rival Oracle comprou a Sun, com quem tinha negociações para uma aquisição, a IBM anunciou que sua receita no primeiro trimestre de 2009 caiu 11% em comparação ao mesmo período de 2008.

A receita total da IBM para o trimestre foi de 21,7 bilhões de dólares, abaixo dos 22,5 bilhões de dólares estimados pela consultoria Thomson Reuters, o que significa que os resultados foram piores que o esperado.

Os ganhos por ações, no entanto, foram de 1,7 dólar, aumento de 4% em relação à cifra de 2008, batendo a expectativa dos analistas, que esperavam 1,66 dólar por papel. O lucro da companhia caiu 1% e atingiu 2,3 bilhões de dólares.

Nesta segunda-feira (20/04), a Oracle anunciou que compraria a Sun. O acordo acontece semanas após rumores de que a IBM fez uma oferta pela companhia, negada pela Sun por ser muito baixa.

Ao fechar a compra, a Oracle se torna rival direta da IBM no setor de hardware, já que a companhia agora oferecerá não apenas aplicativos, mas também servidores.

O balanço também mostra que a IBM está patinando em razão da crise financeira. A divisão do segmento Global Technology Services diminuiu 10% comparado ao primeiro trimestre de 2008, indo a 8,8 bilhões de dólares, enquanto o segmento Global Business Services sofreu queda idêntica e faturou 4,4 bilhões de dólares.

As receitas das divisões de software caíram 6% para 4,5 bilhões de dólares, assim como o faturamento vindo de produtos middleware, que incluem WebSphere, Tivoli e Lotus: 3,6 bilhões de dólares, o que representa queda de 5%.

A companhia não mexeu na sua estimativa de atingir preço de 9,20 dólares por ação até o final do ano e afirmou que está adiantada no seu plano de fazer com que cada papel custe entre 10 dólares e 11 dólares até 2010.


Oracle pode cortar até 10 mil empregos após compra da Sun

abril 22, 2009

Tony Sacconagui, um dos principais analistas do Sanford C. Bernstein & Co., afirmou que a Oracle pode eliminar 10 mil pessoas após a incorporação da Sun Microsystems, comprada por 7,4 bilhões de dólares.

A análise foi elaborada após anúncio de Safra Catz, presidente da Oracle, que afirmou que a companhia espera que a Sun contribua com lucros de 1,5 bilhões de dólares no primeiro ano após a negociação e com 2 bilhões no ano seguinte, fazendo com que a transação represente uma colaboração maior no valor por ação do que a soma obtida com as aquisições da BEA, Peoplesoft e Siebel.

Segundo Sacconagui, essa lucratividade virá por meio de demissões. “Para ter esse montante do lucro, a Oracle precisaria demitir entre 5,5 e 10 mil funcionários via reestruturação”, afirmou em relatório liberado pouco depois do anúncio da negociação”.

A firma de análise de mercado Technology Business Research (TBR) concordou que as demissões são iminentes, prevendo que os departamentos mais afetados serão os de vendas e marketing. Segundo relatório da empresa, a Oracle irá racionalizar rapidamente a base de custos da Sun, o que significa cortar postos de trabalho.

Segundo a TBR, alguns empregos devem mudar de país na medida em que a Oracle reorganiza os serviços e o suporte da Sun para ficar compatível com seu próprio modelo global.

Antes do anúncio, a Sun já estava no meio de um processo de reestruturação, que previa o corte de 15 a 18% de sua força de trabalho, ou cerca de 6 mil empregados.


Oracle compra Sun por US$ 7,4 bilhões

abril 22, 2009

A Oracle comprou a Sun Microsystems por 7,4 bilhões de dólares, impulsionando a desenvolvedora de softwares corporativos no setor de hardware e fazendo com que a Sun seja a mais recente operação de TI englobada pela empresa comandada por Larry Ellison.

A Oracle pagará 9,5 dólares por ação em dinheiro para a Sun, de acordo com a Oracle. A oficialização segue outras compras feitas pela Oracle no setor de tecnologia nos últimos anos, como Siebel, PeopleSoft e BEA Systems.

O acordo é anunciado após a Sun supostamente ter se afastado de uma negociação com a IBM há algumas semanas.

Ainda que houvesse boatos sobre uma possível aquisição por parte da Oracle, a empresa nunca tinha tido uma participação efetiva nos setores de sistema operacional para servidores ou hardware.

A Oracle afirmou que o acordo com a Sun deve trazer mais receita à companhia no primeiro ano após a compra do que as aquisições da BEA Systems, PeopleSoft e Siebel juntas.

A Sun deverá contribuir com 1,5 bilhão de dólares ao lucro operacional da Oracle no primeiro ano após a fusão, número que deverá ultrapassar a marca dos 2 bilhões de dólares no segundo ano, anunciou a Oracle.


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.